Dicas da New Holland

Balança comercial do agro brasileiro: veja qual foi o saldo das exportações em 2020

16 Jan 21
2 min
01

Com a pandemia, como está a balança comercial do agro brasileiro? Neste texto, vamos apresentar dados sobre a situação do agronegócio no Brasil em 2020.

Como já se projetava, a balança comercial do agro brasileiro registrou superávit recorde em 2020, de US$ 68,7 bilhões. As exportações de setembro, por exemplo, foram 4,8% maiores que no mesmo mês do ano anterior. O volume chegou a 20,6 milhões de toneladas, sendo 12,7% superior ao mês de 2019.

Nesse sentido, o saldo da balança comercial do agro brasileiro bateu recorde. Afinal, as exportações do período registraram U$$ 77,9 bilhões e 172 milhões de toneladas. O crescimento foi de 7,5% em valor e 14,8% em peso.

Mais impactos no agro brasileiro em 2020 você confere aqui neste texto!

Principais produtos exportados

Os principais produtos que fazem parte das exportações de setembro de 2020 foram:

  • Soja em grãos: U$$ 1,6 bilhão;
  • Milho: U$$ 1,1 bilhão;
  • Açúcar de cana em bruto: U$$ 888,4 milhões;
  • Carne bovina in natura: U$$ 583,1 milhões;
  • Farelo de soja: U$$549,9 milhões.

No total, esses cinco produtos somaram 55,4% da pauta exportadora do período.

Já nos nove primeiros meses de 2020, os principais produtos exportados foram:

  • Soja em grãos: US$ 27,2 bilhões;
  • A carne bovina in natura: US$ 5,4 bilhões;
  • Açúcar de cana em bruto: US$ 5 bilhões;
  • Celulose: US$ 4,5 bilhões;
  • Farelo de soja: US$ 4,5 bilhões.

Estes representaram 59,8% da pauta exportadora.

Houve mudanças nas exportações da balança comercial do agro brasileiro no que diz respeito ao açúcar e ao fumo. Ao comparar com o ano de 2019, por exemplo, o açúcar de cana em bruto registrou +U$$ 469 milhões. Já o fumo não manufaturado caiu U$$ 181,8 milhões.

Nesse caso, a maior variação absoluta se deu com relação ao açúcar de cana em bruto, que registrou aumento de 111,3% nas exportações. E para onde foi tudo isso?

China continua sendo nosso principal cliente

Só o açúcar de cana em bruto que foi destinado à China chegou a 577 mil toneladas. Os outros principais destinos para o produto foram: Índia (273,1 mil toneladas) e Bangladesh (252,8 mil toneladas).

Para evidenciar melhor, das vendas brasileiras no mês de setembro, o país registrou U$$ 2,4 bilhões, totalizando 27,5% das nossas exportações. Além dela, os demais principais destinos das vendas do Brasil foram:

  • União Europeia (U$$ 1,4 bilhão, totalizando 16,3%);
  • Estados Unidos (US$ 658,1 milhões, com 7,7%),
  • Japão (US$ 293,8 milhões, chegando a 3,4%);
  • Coreia do Sul (US$ 267,7 milhões, registrando 3,1%).

O mesmo foi apontado nos nove primeiros meses da balança comercial do agro brasileiro, na qual a China registrou U$$ 28,7 bilhões de toneladas de produtos. Isso totalizou 36,8%, o que significa que a região segue sendo nosso principal cliente.

Por fim, o Brasil tem boas expectativas para a produção de grãos do próximo ano. Portanto, fique atento às variações da balança comercial do agro brasileiro. Mas não deixe de preparar o seu negócio para a próxima safra, que deve mais uma vez bater recorde. Faça uma simulação e se assegure! 

Por New Holland
Oferecemos os melhores consórcios automóveis do mercado, trabalhando há mais de 25 anos no mercado.

Fique por dentro de nossas novidades!