Dicas da New Holland

Entenda quais foram os impactos da pandemia no agronegócio brasileiro

16 Jan 21
2 min
01

Embora a agricultura possa ter sido a menos afetada pela crise, alguns impactos da pandemia no agronegócio podem mudar todo mercado. Confira mais detalhes!

A força do agronegócio no Brasil e o tamanho da sua representatividade no PIB brasileiro são inquestionáveis. Por isso, é preciso considerar os impactos da pandemia no agronegócio, já que o setor não está imune às mudanças trazidas pela Covid-19 na economia mundial.

O fato é que o agronegócio é muito relevante no campo econômico, com 21,4% do PIB brasileiro em 2019. Ou seja, os negócios que atuam no ramo precisam estar preparados para as mudanças.

É exatamente sobre este assunto que falaremos a seguir. Vamos abordar alguns dos impactos da pandemia no agronegócio. Continue lendo!

Aumento das exportações

Uma das principais mudanças foi com relação ao aumento das exportações. Até setembro a balança comercial do agronegócio brasileiro registrou superávit de US$ 68,7 bilhões. Esse valor é o maior da história para o período.

Em parte, o motivo dessa questão tem relação com o aumento do dólar, mas também com o crescimento da demanda chinesa por commodities. Afinal, a valorização da moeda americana acabou compensando um pouco os preços das commodities agrícolas.

Com isso, o cenário das exportações foi favorecido. Ou seja, com os impactos na taxa de câmbio, o cenário tem se tornado benéfico para exportadores do agronegócio brasileiro, mesmo que a curto prazo.

Maior demanda por transparência nas cadeias de valor

Um dos assuntos mais comentados ultimamente é o tema da sustentabilidade. Muito se tem discutido sobre como os consumidores finais devem ficar mais exigentes quanto ao que consumir, por exemplo. Eles desejarão cada vez mais saber sobre informações de origem e jornada dos produtos e podem buscar mais por agricultura sustentável.

Ou seja, uma procedência dos produtos é necessária. Isso porque haverá aumento nas buscas por um consumo mais transparente em relação à cadeia de suprimentos.

Além disso, existirá maior suspeita em relação a produtos originados de algumas regiões específicas. Ou seja, as mudanças nos canais de venda, distribuição e consumo estão por vir e precisam ser considerados pelos negócios do setor.

Automatização de processos

Outro ponto que merece destaque quanto aos impactos da pandemia no agronegócio é com relação à tecnologia. Afinal, uma crise abriu os olhos dos produtores para a transformação digital e para a mecanização do agro.

Por exemplo, houve crescimento de 9,7% nos participantes ativos de consórcios de veículos pesados, que abrange as máquinas agrícolas, segundo a ABAC - Associação brasileira de administradoras de consórcio.

Somente o Consórcio New Holland movimentou, de janeiro a novembro deste ano, mais de R$ 468 milhões em novas cotas. Isso possibilitou injetar na economia, com as contemplações, aproximadamente R$ 164 milhões. Vale ressaltar ainda que o valor foi selecionado, em grande parte, em alta tecnologia no campo.


Por fim, agora que você entendeu quais foram os impactos da pandemia no agronegócio, não deixe de se preparar também! Faça uma simulação

Por New Holland
Oferecemos os melhores consórcios automóveis do mercado, trabalhando há mais de 25 anos no mercado.

Fique por dentro de nossas novidades!